News

Ukio chega a Portugal após financiamento de 9 milhões de dólares

24 Setembro 2021, Ukio

ukio

A proptech espanhola investirá 2 milhões de dólares no país e espera formar uma equipa de 15 pessoas até ao final de 2021

 

A Ukio aumentou a sua carteira de 100 apartamentos em Barcelona e Madrid, mantendo uma ocupação de 99% em 2021

 

Ukio, start-up de tecnologia imobiliária com sede em Barcelona, fundada pelos irmãos Stanley e Jeremy Fourteau em 2020, anunciou hoje que angariou mais de 9 milhões de dólares em financiamento inicial liderado pela Breega com participação da Heartcore e Partech e apoio adicional dos business angels Iñaki Berenguer, Fundador da Coverwallet, e Avi Meir, Fundador da Travelperk.

A nova ronda de financiamento irá fomentar os planos de expansão da empresa por toda a Europa, sendo Portugal o primeiro mercado fora de Espanha. A proptech espanhola investirá 2 milhões de dólares no país, lançando-se primeiro em Lisboa, onde a Ukio planeia formar uma equipa local de 15 pessoas até ao final do ano em diferentes departamentos – operações, design, distribuição e financiamento.

“Temos assistido a um aumento da procura em Portugal por este tipo de solução – um alojamento capaz de suportar uma estadia de meio a longo prazo que parece que estamos em casa. A pandemia só veio a aumentar esta procura devido à criação de escritórios em casa e ambientes de trabalho remotos. As pessoas estavam à procura de novos lugares para ficar por períodos de tempo mais longos que pudessem acomodar todas as suas necessidades”, explica Stanley Fourteau, CEO e Co-Fundador. “A Ukio permite esta nova forma de vida, tornando o processo o mais simples possível, ao mesmo tempo que mantém a comodidade e o conforto de um lugar que nos sentimos em casa”.

A mudança de mentalidades dos consumidores e a adoção do trabalho à distância geraram um desejo crescente de soluções de vida flexíveis a nível global. Esta procura tornou-se ainda mais relevante hoje em dia, à medida que a força de trabalho global se torna mais móvel. Até 2022, 32% de todos os empregados a nível mundial serão remotos, prevendo-se que esta tendência se mantenha nos próximos anos. Esta nova forma de trabalhar está a redefinir a mobilidade, dando às pessoas liberdade e flexibilidade para viverem onde quiserem, quando quiserem.

ukio

Exemplo de um apartamento Ukio

 

A missão da Ukio é capacitar os indivíduos a descobrirem novos lugares, tendo um lar para onde quer que vão. Cansados da busca exaustiva e dos elevados custos para encontrar e mobilar um apartamento, os irmãos Stanley (ex-Airbnb) e Jeremy Fourteau (ex-Headspace) fundaram a Ukio em 2020, para trazer este processo comum, no entanto muitas vezes desgastante, para o século XXI. Ao poupar a parte da papelada confusa e da caça de apartamentos, a Ukio fornece apartamentos cuidadosamente escolhidos e totalmente mobilados para estadias mensais, apresentando uma experiência de utilizador totalmente digital desde a procura até ao check out.

“À medida que o mundo se vai tornando mais móvel e flexível, a procura de experiências de vida mais dinâmicas continuará a crescer ainda mais. Com este novo financiamento e o apoio dos nossos incríveis parceiros de empreendimento e business angels, a Ukio continuará a dar um novo rumo ao mercado da habitação e a conduzir a indústria para o futuro da vida”, acrescenta Jeremy Fourteau, COO e Co-Fundador.

“A pandemia global levou a uma mudança drástica na forma como abordamos as viagens e as estadias. A tendência a médio prazo que começou com os GenZs à procura de “NOwnership” flexível, está a evoluir ainda mais com muitas empresas a alargar as suas políticas de “trabalho a partir de casa”, profissionais itinerantes a optarem por acomodações alternativas e famílias a deslocarem-se. Os imóveis que trabalham para estadias a médio prazo precisam de satisfazer certos requisitos em termos de qualidade, localização e comodidades, daí a necessidade de uma solução como a Ukio que se concentre especificamente neste segmento de mercado. Acreditamos que a equipa da Ukio, com a sua oferta única, será capaz de cumprir a sua promessa de satisfazer esta necessidade e conquistar o mundo”, conclui Isabelle Gallo, parceira na Breega.

Apesar das fortes quebras no mercado de arrendamento, a Ukio cresceu, criando uma carteira de 100 apartamentos em Barcelona e Madrid e mantendo uma ocupação de 95% em 2021. No final do próximo ano, a Ukio planeia gerir 700 apartamentos em seis capitais europeias e desenvolver ainda mais a sua tecnologia end-to-end, bem como o seu sistema operacional interno único para apoiar a sua expansão europeia.

Com o design no centro do ADN da Ukio, todos os apartamentos são escolhidos a dedo e mobilados individualmente, oferecendo uma experiência de alta qualidade consistente. Alimentados com energia renovável e equipados com mobiliário artesanal feito por artesãos locais, todos os lares aderem aos mais elevados padrões de sustentabilidade ao mesmo tempo que proporcionam um conforto supremo, fazendo com que os hóspedes se sintam em casa assim que entram pela porta.

O nome Ukio é japonês e significa “viver no momento”. De acordo com os padrões de excelência japoneses, os irmãos Fourteau trazem as necessidades da geração atual para a vanguarda, construindo um futuro digital para a habitação.